23 de março de 2016

UEPG realizará CEB em Abril


Após quase 3 anos sem um DCE ativo, Centros Acadêmicos da UEPG se movimentam para realizar um CEB (Conselho de Entidades de Base) para para chegar às eleições da entidade representativa. O  (CEB) é uma instância deliberativa dos Diretórios Centrais de Estudantes,  composta por todos os CAs e DAs da Universidade, O Conselho é chamado para que as entidades representativas dos estudantes possa discutiros métodos que melhor cabem à conjuntura.

A Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) encaminhou seu primeiro pedido de patente internacional. Os pesquisadores da UEPG desenvolveram um produto com base no grafeno (material 100 vezes mais resistente que o aço). O produto possui aplicabilidade direta nas indústrias petrolífera, siderúrgica, metalúrgica, de gás e biocombustíveis, e estendido a outros sistemas construtivos, com uso médico, biomédico e hospitalar.
Imagem: Agência de Notícias do Paraná
O CEB da UEPG foi convocado para dia 2 de abril, às 14h, para tratar especificamente da organização das eleições do representante das entidades dentro da universidade. Segundo os organizadores do CEB, o DCE da UEPG tem um estatuto defasado, que não corresponde às necessidades do movimento estudantil e deve ser reformulado.

Uma das dificuldades das entidades em decorrência da inatividade do DCE, por exemplo, foi a greve de 2015, na qual houve necessidade de mobilização autônoma de vários universitários e universitárias. Sem uma representatividade como o DCE os estudantes têm mais dificuldades de organização em torno da luta estudantil.

Durante o período de latência do Diretório, houve várias propostas para reativá-lo, e foi pautado um projeto para realizar um Congresso Estudantil da UEPG, entretanto as dificuldades impediram que o pleito se concretizasse.

Isabela Gobbo, líder do movimento estudantil em Ponta Grossa defende que "Esta é mais uma tentativa que se espera ser eficaz, dando vida a um órgão de extrema importância para os Estudantes por sua ampla representação. Dada a conjuntura estadual e nacional, urge a necessidade de se chamar eleições de imediato, reativando este que já foi um DCEs central na luta estudantil do Paraná."

# Redes Sociais