27 de março de 2015

ESTUDANTE VAZIO NÃO PARA EM PÉ! ESTUDANTES DA UNIOESTE COBRAM CONCLUSÃO DAS OBRAS DO RU

video
Na manhã desta quinta-feira (26), os Centros Acadêmicos, Atléticas e o DCE da UNIOESTE-Cascavel ocuparam a reitoria da Universidade. A paciência dos estudantes se esgotou após seguidas promessas vazias por parte do governo do estado em relação à conclusão das obras do Restaurante Universitário, que inicialmente, deveriam ter sido concluídas em junho/2014, como pode ser visto aqui.

No entanto, as obras atrasaram diversas vezes devido à falta de pagamento. Novos prazos foram dados aos estudantes: julho, agosto, setembro... Até que ao final do ano letivo de 2014 os estudantes entraram de férias com a promessa de que no início das aulas o restaurante já estaria em funcionamento. Nada feito. 2015 chegou e as obras ainda estavam paralisadas. O governo do estado não efetuava o pagamento das obras há mais de 5 meses. 

Para o presidente do DCE da UNIOESTE-Cascavel, Victor Rozatti, a ocupação da reitoria se mostra importante para cobrar do governo e da reitoria celeridade na conclusão das obras. "Estamos organizados, estamos cobrando e não iremos tolerar nenhum tipo de atraso por parte do governo do estado no pagamento das obras. E também, cobrando da reitoria que eles continuem fazendo seu trabalho, pressionando o governo do estado para que eles não atrasem os pagamentos e que todas as obras sejam concluídas para funcionamento do RU ainda no segundo semestre deste ano", finalizou.

Após semanas de mobilização, cerca de 500 estudantes ocuparam a reitoria da instituição. O reitor Paulo Sergio Wolff recebeu uma comissão composta por membros do DCE, dos Centros Acadêmicos e Atléticas que cobrou da instituição uma cobrança maior sobre o governo do estado, além de negociar novos prazos para a conclusão das obras. Após a reunião, a reitoria e a direção de campus anunciaram que quitaram o atraso, e as obras retornarão na segunda-feira (30).

Para a acadêmica de fisioterapia, Núbia Caroline, o SiSU (Sistema de Seleção Unificada) e o PNAEST são programas recentes na conjuntura da universidade e que são extremamente necessários para a ampliação da assistência estudantil nas universidades estaduais. "A nossa primeira vitória em políticas de Assistência Estudantil com a implantação do SISU na UNIOESTE é a destinação da verba do PNAEST para a manutenção do Restaurante Universitário", afirmou.

O reitor se comprometeu em cobrar o pagamento das obras por parte do governo do estado e o novo prazo para o término das obras é de 120 dias. Os estudantes ficarão de olho.

Confira algumas imagens da ocupação na Reitoria da UNIOESTE:





# Redes Sociais