24 de fevereiro de 2015

NENHUMA UNIVERSIDADE A MENOS

Já tendo passado o inicio do ano letivo planejado pelas universidades estaduais do Paraná, os estudantes passam por um momento de apreensão diante da situação do governo do estado liderado sob a figura do governador tucano Beto Richa. Nunca antes na história do Paraná nossas universidades passaram por momentos de tamanha crise, as instituições afirmam que enquanto existe uma necessidade mínima de R$ 124 milhões de orçamento para o funcionamento básico das universidades, o governo sinaliza a possibilidade do repasse de no máximo R$ 9 milhões, isto é, menos de 10% do necessário. 


A União Paranaense dos Estudantes repudia essa situação e à considera como uma afronta não só aos universitários, professores e técnicos de todo o estado, mas à população em geral, tendo em vista que nossas universidades públicas tem por objetivo realizar não só atividades de ensino, mas também de pesquisa e extensão que tendem a, ou deveriam, contribuir com o desenvolvimento do Paraná.


Mesmo compreendendo o cenário internacional e nacional da economia, a crise no sistema e seus tentáculos que alcançam todos os cantos, é inadmissível que áreas como a educação, essencial para a formação humana e social, tenham tamanha desvalorização por parte do poder público. Em contrapartida estampam as manchetes dos jornais nos últimos dias: o aumento salarial do governador, do secretário da fazenda (o mesmo que enviou o projeto do pacotaço à assembleia), ou pagamentos abusivos de auxílio moradia à auditores, conselheiros e procuradores do Tribunal de Contas do Estado.

Os reitores das universidades estaduais já alertaram sobre a possibilidade do fechamento dessas instituições por tempo indeterminado, pela impossibilidade do seu funcionamento sem o orçamento necessário. Não podemos aceitar e muito menos compactuar com tais medidas que poderão levar à uma situação catastrófica e sem precedentes. A defesa da educação pública, gratuita e de qualidade é bandeira histórica do movimento estudantil e seguiremos de cabeça erguida lutando pelos direitos dos estudantes e do povo paranaense.

# Redes Sociais