12 de fevereiro de 2015

Greves são aprovadas em todas as universidades estaduais do Paraná

Pontos em comum nas pautas das entidades são a opinião contrária à ação do estado de aprovar mudanças na Paraná Previdência e a falta de pagamento do terço de férias



A partir desta quarta-feira (11), todas as universidades estaduais do Paraná ou estão ou já têm indicativos de greve aprovados para os próximos dias. Há dois pontos em comum de reivindicação nas pautas das sete universidades. São eles: a falta de pagamento do terço de férias aos servidores e a tentativa do Palácio Iguaçu de remanejar os fundos da Paraná Previdência para equilibrar o caixa do estado. As duas reivindicações também fazem parte da pauta dos professores estaduais, que estão desde segunda-feira (9) acampados no Centro Cívico (desde ontem ocupando a Assembleia Legislativa do Paraná) em greve.

A Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) e a Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro) eram as últimas duas que ainda não tinham aprovado paralisações. As duas tiveram assembleias nesta tarde e aprovaram por unanimidade greve por tempo indeterminado. Na primeira, a greve começa no sábado (14); e na segunda, a greve começa no dia 19, após o Carnaval.


Na Unicentro, o início da greve coincide com a data prevista para a volta às aulas, o dia 19 de fevereiro. A instituição tem em torno de mil funcionários (incluindo professores) efetivos, segundo o Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Superior da Unicentro (Sintesu).

Já na Unioeste, as aulas têm previsão para serem retomadas no dia 2 de março – o que dificilmente ocorrerá, segundo prevê o Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino Superior do Oeste do Paraná (Sinteoeste). A universidade tem cerca de 1,2 mil professores e 1,2 mil funcionários.

As outras universidades estaduais, que já estavam em greve, são: Universidade Estadual de Londrina (UEL), Universidade Estadual do Paraná (Unespar), Universidade Estadual do Norte do Paraná (Uenp), Universidade Estadual de Maringá (UEM) e Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG).

Confira abaixo a data de início das greves

UEL – Greve de professores e servidores começa nesta quinta-feira (12).

Unespar – Greve de professores e servidores começa nesta quinta-feira (12).

Uenp – Greve de professores e servidores começa nesta quinta-feira (12).

UEM – Greve de professores e funcionários começou nesta terça-feira (10).

UEPG – Greve de professores começou nesta terça-feira (10) e assembleia dos funcionários para deliberar sobre o assunto ocorre nesta quarta (11).

Fonte: Gazeta do Povo

# Redes Sociais