26 de março de 2013

O SONHO DA JUVENTUDE DO PARANÁ EM UMA SÓ JORNADA, ATO MOBILIZA CENTENAS EM CURITIBA

Entidades de Juventude de Curitiba realizam grandioso ato da Jornada Nacional da Juventude.

Rafael Bogoni presidente da UPE, durante a passeata
 Cerca de 500 jovens  foram às ruas de Curitiba, no ato estadual da Jornada Nacional de Luta da Juventude Brasileira, através de suas entidades representativas,  todos se concentraram às 9h manhã de ontem (25) na praça Santos Andrade e a passeata seguiu pelas ruas, até o Palácio do Iguaçú. A juventude exigiu e pressionou o Governo Estado com diversas pautas.

A reforma política, o fim da violência contra a juventude, o financiamento público da educação, melhores condições de trabalho e a democratização dos meios de comunicação permaneceram como temas centrais da passeata.

Dentre as entidades de juventude que participaram do ato, estavam o Levante Popular da Juventude, a União Paranaense dos Estudantes Secundaristas (UPES), a União Paranaense dos Estudantes (UPE), a Juventude do MST, estudantes da Casa do Estudante Luterano de Curitiba, representantes do SISMUC, Juventude Quilombola, Rede de Mulheres Negras, a Juventude do Partido dos Trabalhadores (JPT), a União da Juventude Socialista (UJS), CUT, APP, DCE da UFPR, UNE, UBES, UMES – União da Vitória e estudantes da UMESC (União Municipal dos Estudantes Secundaristas de Curitiba).

Para Rafael Bogoni, presidente UPE a unidade dos movimentos  da Juventude demonstram o sucesso desta jornada. “Fizemos um grande ato, a transformação das nossas universidades estaduais, o imediato investimento na educação no estado do Paraná, e  todas as outras demandas da nossa juventude na cidade e no campo foram pautadas. é assim com unidade e força que tenho certeza que alcançaremos a vitória da juventude paranaense” exclamou.

A maior parte dos jovens que participaram da passeata eram secundaristas,  mobilizados pela União Paranaense dos Estudantes Secundaristas (UPES), para Felipe Barreto presidente da UPES a luta não termina aqui, a pauta da reserva 50% das vagas das universidades públicas para estudantes oriundos de escolas públicas ainda mobilizará muito pelas ruas de todo o Paraná.

“A expressiva passeata demonstra a indignação da juventude paranaense a tantos pontos que precisam de mudança, como por exemplo é necessário termos políticas mais eficazes de universalização do acesso à universidade pública no Paraná. Nas estaduais não vamos parar enquanto não conquistarmos essa vitória da reserva nas estaduais de 50 % das vagas para os mais desassistidos” disse Felipe .

SE TIVER EDUCAÇÃO NÃO PRECISA DE CAMBURÃO
Com diversos carros da polícia aos fundos a juventude formou a ciranda!
Ao chegar em frente ao Governo Estadual, a juventude se deparou com uma frota inteira de veículos adquiridos pela Secretaria de Segurança Pública para utilização da Polícia Militar do Estado do Paraná, liderados Rafaela Azevedo Diretora de Comunicação da União Municipal dos Estudantes Secundaristas de União da Vitória PR, todos que  participaram do ato fizeram uma grande ciranda pautando mais investimentos em educação no estado do Paraná.

“Vamos todos juntos dar as mãos pela Educação, não precisaríamos investir tanto em segurança se tivéssemos mais investimentos em Educação, nesta ciranda vamos gritar ‘ Se tiver Educação não precisa de Camburão’ “ gritou Rafaela do carro de som ao fim da passeata.

REUNIÃO COM ROSSONI E A RESPOSTA INCERTA

Reunião da Comissão na ALEP

O Governador do Estado Beto Richa (PSDB) não saiu para receber as  pautas desta jornada, no entanto o presidente da Assembléia Legislativa do Paraná, deputado Valdir Rossoni (PSDB) recebeu uma comissão para ouvir a juventude.

Na conversa, as juventudes organizadas entregaram as pautas e colocaram os anseios da juventude paranaense na cidade e no campo, após ouvir todos, o deputado disse que estava atrasado para uma reunião e em sua consideração colocou a culpa na centralização de recursos em Brasília, para ele a descentralização dos recursos resolveria boa parte dos problemas que apresentamos.

“ Defendo que os recursos sejam descentralizados, não temos orçamento para tanto, as pautas são justas, mas acredito que seria bem mais fácil por exemplo no caso das reivindicações do campo, que a juventude camponesa fosse até as prefeituras para resolver os seus problemas locais.” disse Rossoni

A luta  contra o sucateamento da universidade pública do Paraná, a implementação urgente de políticas públicas para juventude no Estado do Paraná através da aprovação da PEC da Juventude na Assembléia Legislativa do Estado, também foram pautadas com muita ênfase durante a reunião, também sem um posicionamento concreto.

COMISSÃO DA JUVENTUDE NA ALEP
Deputado Estadual Professor Lemos (PT) durante a passeata
Mesmo sem um posicionamento oficial do governo do Estado, com o auxílio do Deputado Estadual Professor Lemos (PT) que participou inclusive da passeata, os esforços da juventude serão ouvidos, o deputado já se manisfestou que irá contribuir para a formação de uma Comissão Especial da Juventude dentro da ALEP, que pautará a aprovação de projetos de leis específicos para juventude.

“As lutas e os sonhos da juventude não cessam aqui, esta foi uma grande jornada, será criada uma comissão dentro da Assembléia Legislativa do Estado do Paraná com 1 (um) representante de cada movimento de juventude para fiscalizar e pressionar dentro da casa de leis, pela implementação das pautas desta jornada” disse Rafael Bogoni presidente da UPE  em entrevista ao ComunicaUPE.

Ronie Lobato
ComunicaUPE

# Redes Sociais