18 de janeiro de 2013

PALÁCIO DOS ESTUDANTES: VEJA NOTA DE ESCLARECIMENTO DA UPE PARANÁ

Diante dos fatos, a União Paranaense dos Estudantes  (UPE) vem a público declarar seu esclarecimento dos fatos noticiados  (18/01/2013) na RPCTV 1º edição e em outros meios da comunicação do estado. Infelizmente após diversas tentativas de acordo com a Prefeitura Municipal de Curitiba mais uma vez os estudantes ficaram à deriva.


A União Paranaense dos Estudantes vem a público elucidar a presente situação do Casarão dos Estudantes.  É sabido pelo povo curitibano que a região historicamente tradicional do São Francisco vem, ao longo do tempo, sendo depredada. É comum o tráfico e o consumo de drogas na região. Moradores de rua permeiam cada esquina e a violência, o roubo e todo tipo de crime são comuns ali. Dizemos assim, com conhecimento de causa, bem como dirão todos os comerciantes, trabalhadores e moradores também. Salta aos olhos alguma deficiência na Segurança Pública, Programas de Saúde para Adictos e Assistência Social.
A UPE agora sofre na carne o reflexo do descaso das gestões municipais que se passaram nas rédeas do poder e nada fizeram de efetivo no bairro. 

Há anos a UPE vem buscando mecanismos de solução definitiva para tais dificuldades, não encontrando, porém, retorno concreto esperado de uma digna administração pública. A Casa dos Estudantes de todo o Paraná foi invadida por vândalos e usuários de drogas, assim que suas atividades se encerraram, em meados de dezembro, tempo em que os estudantes e as instituições de ensino superior estão em recesso, das quais a entidade está intimamente ligada ao calendário de atividades.

Diversas tentativas de retirar os invasores foram tomadas por esta diretoria, inclusive a intervenção policial, entretanto houve a quebra de todos os cadeados, a remoção do portal principal da sede e a presente depredação dos muros e cômodos. Sem uma ação efetiva do poder público na região, não só o Palácio dos Estudantes, mas todos os moradores e comércio da região estarão prejudicados.

Vale lembrar que, apesar das inúmeras tentativas, a gestão da Prefeitura Municipal de Curitiba que cessou em 2012, não solucionou a situação de comodato da sede, tornando dificultosa a adequação e solução dos problemas da entidade. A maior parte das dificuldades financeiras e operacionais da entidade é oriunda desse entrave.

Apesar disso, um novo ano se inicia e com ele uma nova gestão na Prefeitura de Curitiba. Esperamos um diálogo fraterno e prático, para resolver os problemas da sede histórica dos estudantes paranaenses. Por isso, já buscamos a atual gestão e está marcada uma reunião para o dia 30 de Janeiro para que juntos, possamos trazer segurança e paz para o Casarão, os estudantes e os moradores do São Francisco, que também estão sujeitos aos perigos da região.

O Casarão da UPE, é patrimônio dos estudantes paranaenses e do povo curitibano, foi doado para a entidade no final da década de 40, tomado pela ditadura militar na década de 60 e devolvido em comodato para a entidade, pelo então governador José Richa.

A entidade tem programada para 2013, uma série de atividades culturais ligadas às universidades, comunidade acadêmica e as casas e escolas de samba de Curitiba.

Curitiba, 18 de janeiro de 2013.
UNIÃO PARANAENSE DOS ESTUDANTES



Contato
Assessoria de Comunicação UPE
41 9890-8208 

Presidência
42 99383443


# Redes Sociais