2 de setembro de 2012

DILMA PEDE QUE CONGRESSO PROVE RECURSOS DO PETRÓLEO PARA EDUCAÇÃO


Em reunião do “Conselhão”, presidenta assume compromisso feito com a UNE para investir 10% do PIB no setor
A União Nacional dos Estudantes comemorou, nesta quinta-feira (30/09), o compromisso público e oficial do Palácio do Planalto com a luta dos estudantes em defesa da destinação de 100% dos Royalties do petróleo e 50% do fundo social do Pré-sal para a educação. A declaração veio da presidenta da República, Dilma Rousseff, durante discurso na 39ª reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, o chamado “Conselhão”.

“Nós não temos dúvidas que temos que avançar ainda muito na educação. Para consolidar o desenvolvimento do Brasil no século 21 nós vamos precisar de educação”, disse Dilma, colocando o tema como uma prioridade do seu governo. Pela primeira vez, a presidenta assumiu, publicamente, o compromisso feito com a UNE, sinalizando a possibilidade do país chegar aos 10% de investimento do seu Produto Interno Bruto no setor.
“Nós concordamos com todas as políticas para viabilizar que o Brasil gaste mais em educação, podendo até manter um meta de dobrar até 2022 os investimentos, desde que tenha recursos para fazê-lo”, ressaltou. “Considero que seria muito oportuno que nós, no Congresso Nacional, aprovássemos o uso dos Royalties [do petróleo] e uma parte do fundo social [do pré-sal] para garantir que esse recursos existam”, disse a presidenta.
Para o presidente da UNE, Daniel Iliescu, membro do Conselho e presente ao encontro, é importante perceber que tanto Dilma quanto os diferentes segmentos que participaram da reunião “assumem a educação como eixo fundamental”.
MANTEGA TAMBÉM SE DIZ COMPROMETIDO
Ao fim da reunião, Daniel procurou o ministro da Fazenda, Guido Mantega, que recentemente deu uma infeliz declaração dizendo que o investimento de 10% do PIB na educação quebraria o país. O presidente da UNE disse que a entidade saía entusiasmada da reunião com declaração de Dilma. Mantega afirmou que apoiava a questão dos royalties e também estaria comprometido com isso.
“Após a fala desproporcional do ministro, vamos agora trabalhar juntos para atingirmos nossos objetivos. O Brasil está unido nesta luta”, disse Daniel.
Segundo Daniel, a UNE convocará para as próximas semanas uma grande blitz ao lado do movimento educacional para intensificar a campanha pelos 10% do PIB. “Vamos mobilizar unir todos os DCEs e DAs do país em defesa de mais investimentos na educação via recursos do petróleo”, convocou
ASSISTA O PRONUNCIAMENTO DA PRESIDENTA DILMA
.
Rafael Minoro

# Redes Sociais