16 de julho de 2012

Marcha das Vadias reúne grande público em Curitiba.

O objetivo de lutar contra a violência e a favor do feminismo emancipacionista foi o que mobilizou mais de 1.500 pessoas à ocupar as ruas de Curitiba, com muita emancipação e ideologia.



Hoje, dia 14/7, concretizou-se a Marcha das Vadias, uma quantidade vultuosa de pessoas tomou as ruas da cidade para denunciar o descaso do poder público pelas mulheres, a violência sofrida por elas, e a vontade de libertação e igualdade. Neste sábado foi registrada a manhã mais fria do ano, aproximadamente 4ºC, mas nem o frio conseguiu congelar o coração e a animação dessas mulheres e homens.


Mulheres e homens pintaram seus corpos e tiraram a blusa, a nudez e a palavra "vadia", são marcas registradas do movimento. A resistência da população ainda é grande, mas a ideia é desconstruir o conceito machista e ultrapassado que ainda habita a mente de algumas pessoas e ambientes públicos e privados.
  
"Acredito que a mulher tem um papel essencial na sociedade, e este papel deve ser levado a sério politica e ideologicamente. A mulher deve crescer e ter mais espaço no mercado de trabalho,  e na esfera politica, deve ser empoderada, e principalmente respeitada." - Diz a estudante secundarista, Camila.
  
   

# Redes Sociais