15 de junho de 2012

Saiba como foi o encontro de mulheres da UPE



Mulheres e homens estudantes participaram no último final de semana, do 1º Encontro de Mulheres Estudantes da UPE/UPES. O encontro é uma necessidade do aprofundamento de discussões e troca de experiência a respeito do machismo em nossa sociedade e principalmente das suas consequências dentro das escolas e universidades. O evento aconteceu entre os dias 2 e 3 de junho, no campus da UTFPR, Curitiba
A Secretária Geral da UPE e uma das organizadoras do encontro, Tainá Reis, resaltou a importância da inserção do debate feminista junto a educação. “Nós vivemos em uma sociedade que ainda não conseguiu a equidade entre os gêneros e isto se reflete nas escolas e universidades. Percebemos que estes espaços educacionais só fomenta o preconceito que vem de casa. É muito importante a gente buscar rumos para uma educação não sexista.”
Apesar de não ser um espaço auto-organizado, o encontro foi elaborado pelo coletivo de mulheres da União Paranaense dos Estudantes e todas as mesas foram somente compostas por mulheres. Sendo assim, homens também puderam acompanhar as discussões para melhor compreenderem a realidade do machismo  e respeitando assim a mulher, compreendendo seus espaços de empoderamento, além de introduzir a pauta do feminismo no seu dia a dia.
“É um momento importante para os estudantes se apropriarem do debate do feminismo e lutar contra a opressão, sofrida pela mulheres,  gays, lésbicas, em nossa sociedade. Este debate vai gerar muitos frutos para a educação e para esta pauta do feminismo” resaltou Rafael Bogoni, presidente da UPE.
Na parte da manhã  as discussões iniciaram tratando da conjuntura, abordando aspectos históricos e atuais da mulher na sociedade. Logos após, a segunda mesa de debates tratou das concepções de feminismo.
Pela tarde os debates se iniciaram com a discussão sobre os direitos sexuais e reprodutivos, tendo depois uma mesa de formação política sobre gênero. Após isto foram organizados grupos trabalhos que trataram de temáticas a respeito da mulher na mídia, LGBT, saúde da mulher, formação política e mulher e mercado de trabalho.
No domingo pela manhã a mesa o tema foi “Por uma educação não sexista”, sendo uma das principais e mais extensas discussões do evento. Pela tarde foi realizada uma plenária final, na qual emitiu uma carta do encontro, tendo também um avaliação dos encontro.
Durante os dois dias do encontro as mesas foram compostas por mulheres que se organizam em coletivos feministas, movimentos sociais e que ocupam espaço nas esferas públicas de representatividade.
ComunicaUPE

# Redes Sociais