17 de abril de 2012

1º Curso Estadual de Comunicação Popular do Paraná acontece dias 10 e 11 de maio

O curso tem como objetivos principais fortalecer as iniciativas locais de comunicação contra hegemônica e avançar na articulação em torno da bandeira da democratização da comunicação no estado. O encontro também pretende ampliar o debate acerca do papel da comunicação na atual conjuntura brasileira e latino-americana e possibilitar a troca de experiências.
O público alvo do curso são comunicadores populares, jornalistas e diretores de sindicatos e entidades sociais, lideranças comunitárias e estudantes de comunicação. As inscrições podem ser feitas pelo e-mail curitiba@brasildefato.com.br, com o custo de R$ 80, com alojamento e jantar, e R$ 50 sem hospedagem. Será servido café da manhã, almoço e lanche nos intervalos para todos os participantes.

O evento é uma iniciativa da secretaria paranaense do Jornal Brasil Fato, do Cefuria – Centro de Formação Urbano Rural Irmã Araújo, da Central Única dos Trabalhadores (CUT), do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), do Sindicato dos Bancários de Curitiba, do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Curitiba (SISMUC) e da produtora QuemTV. A intenção da organização do curso é buscar novos apoios para a realização da atividade.

Resumo das mesas
Para iniciar os debates, a primeira mesa tratará do tema “Conjuntura e cenários da comunicação”, que reunirá a conjuntura política mundial e sua relação com a comunicação, elementos sobre o movimento pela democratização dos meios de comunicação e das principais bandeiras da atualidade, além de uma visão institucional a respeito da política para comunicação no atual governo.

A criminalização sofrida pelas rádios comunitárias, a dificuldade de sobrevivência de um veículo de fato enraizado na luta popular e a legislação restritiva serão temas da mesa “Comunicação pública e comunicação comunitária no Brasil”, quando também serão abordadas experiências de comunicação publica na América Latina e os passos dados no Brasil.

Apresentação de experiências e a reflexão sobre comunicação popular, a partir da realidade do meio sindical e dos movimentos sociais e populares, são os temas centrais prevista na programação do dia 11. O objetivo deste momento é avançar no debate sobre as práticas no estado, os problemas comuns e as possibilidades de articulação entre as ações, a fim fortalecer a luta pela democratização da comunicação e comunicação contra hegemônica no estado.

Ao longo do curso também haverá espaço para uma conversa sobre a proposta e a dinâmica de funcionamento Jornal Brasil de Fato em âmbito nacional, além da apresentação da sede paranaense, das dificuldades e avanços conquistados desde a inauguração do escritório no estado, no segundo semestre de 2011. Em breve será divulgada a programação completa, com os convidados para cada mesa.



Mais informações
Local: Casa do Trabalhador, Rua João Baptista Gabardo, 433, Sítio Cercado, Curitiba/PR
Contato: 
(41) 3029-4958 (Brasil de Fato)

# Redes Sociais