24 de março de 2012

ESTUDANTES DE FOZ DO IGUAÇU, LEVAM 700 ÁS RUAS NESTE MARÇO VERDE E AMARELO


Na manhã de quarta (22) os estudantes secundaristas convocados pela UMEFI- União Municipal dos Estudantes Secundaristas de Foz do Iguaçu, realizaram um grande ato que integrou a Jornada Nacional de Lutas da UNE e da UBES,  aqui no Paraná, focalizada em todas as escolas estaduais, cursinhos pré vestibulares e técnicas do Município de Foz do Iguaçú, os estudantes protagonizaram, nesta ida às ruas no primeiro ato de todo o Brasil da Jornada Nacional. 
A mobilização no estado é desenvolvida pela UPES - União Paranaense dos Estudantes Secundaristas, entidade irmã da UPE, e com a ajuda da  União Paranaense dos Estudantes, a sociedade paranaense, consegue com mais legitimidade visualizar que os estudantes estão unidos por uma Educação mais digna e de qualidade.
Movidos, pelas duas maiores bandeiras de lutas do movimento estudantil brasileiro Mayara de Oliveria, presidente da UMFEFI comenta sobre o ato ComunicaUPE

“Nós somos contra os cortes de verba na educação que o governo Beto Richa vem fazendo, então convocamos os alunos para sair de suas salas e irem as ruas para lutar e gritar a todos que: QUEREMOS EDUCAÇÃO DE QUALIDADE. É até estranho pois temos que sair do espaço onde deveríamos ter educação para pedir por EDUCAÇÃO” disse a presidenta da UMEFI Maiara Oliveira dos Santos. 

A educação vem sofrendo todos os tipos de cortes e que dizem estar sendo investido em segurança por isso o corte na educação. “Se tivermos uma boa educação, a população mesmo desenvolve a consciência social e respeito a cidade” argumentou.

Vestidos de preto, com o rosto pintado e levando cartazes e faixas e em baixo de forte chuva cerca de 700 estudantes percorreram a av. Brasil e terminaram na Praça do Mitre. Além da pauta nacional e estadual, os alunos apresentaram um tema local: PASSE IRRESTRITO aos estudantes. De acordo com Maiara, os jovens que cursam ensino técnico têm de organizar uma série documentos para obter o beneficio. “E o passe só pode ser usado no período de aula. Não pode ser usado para fazer um trabalho ou para qualquer outra atividade” lamentou.

A Jornada de Lutas contou com a presença do iguaçuense e Presidente da UPES Felipe Barreto de volta a cidade para participar da passeata. “Estou muito emocionado de voltar a minha cidade e ver toda a força desta juventude guerreira” disse Felipe.

Estiveram presente também Fabian Franco Presidente da Federação dos Estudantes em Universidades Publicas do Paraguay-FEUPPY. Além de Foz, jornadas estão sendo organizadas em todo o Brasil. A jornada em Foz do Iguaçu é apenas a primeira no estado do Paraná que a UPES pretende fazer, a próxima será no dia 26 em Maringá e outra dia 30 em Paranaguá. Fiquem ligados, os estudantes estão voltando as ruas e exigindo o que é nosso por direito. 

# Redes Sociais