21 de setembro de 2011

1500 ESTUDANTES DE UNIÃO DA VITÓRIA PR, VÃO ÁS RUAS PELA FEDERALIZAÇÃO UNIUV

A UPE e o Diretório Acadêmico da UNIUV em uma grande mobilização social em União da Vitória reivindicaram a Federalização da Universidade de União da Vitória, ontem.




Por Ronie Lobato

Milhares de acadêmicos participaram da mobilização em prol da fusão do Centro Universitário de União da Vitória (Uniuv) com o Instituto Federal do Paraná (IFPR). O protesto da noite de ontem, 20, foi organizado pelo Diretório Acadêmico da Uniuv. A passeata durou cerca de uma hora e ocorreu em razão da demora na federalização, que é prometida para o início de 2012, por representantes políticos do estado e do governo federal.

O D.A.T.A. - XXX de Abril (Diretório Acadêmico 30 de Abril) junto com toda a sociedade civil organizada já vem debatendo essa questão á meses. Não somente estudantes da UNIUV mas de diversas universidades e escolas saíram as ruas ontem para pedir a federalização da mesma. Atualmente a UNIUV  é uma autarquia municipal de União Vitória que cobra mensalidades dos estudantes. O ato pediu transparência do poder público e das lideranças políticas locais sobre como realmente está o processo de federalização da universidade.

A reivindicação dos estudantes do município na divisa do estado da Paraná e Santa Catarina é de uma universidade pública e de qualidade á todos. Segundo estudante da Uniguaçú, e Diretor da União Paranaense dos Estudantes Nelson Pedroso a manifestação foi uma vitória para a sociedade pois mobilizou secundaristas, sindicatos, vereadores, poder executivo municipal e diversos universitários.

“Saímos nas ruas da frente da UNIUV e marchamos rumo ao centro do município de União da Vitória, ao saber que na câmara de vereadores de UVA estavam votando sobre o aumento do número de vereadores demos uma passada para manifestar nosso repúdio sobre o tema, logo após caminhamos rumo a câmara de vereadores de Porto União-SC onde acontecia uma reunião sobre a federalização com os vereadores e lideranças locais (menos os estudantes)” disse Nelson ao ComunicaUPE

Em um município de 58.000 mil habitantes a mobilização social foi grande, para Alexandro Hoepers, presidente do DATA e integrante do ComunicaUPE por União da Vitória, a mobilização social para transformação da sociedade atualmente é o que realmente trás mudanças em nossas condições de vida, principalmente na questão da educação superior.

“Nós alcançamos nosso objetivo que é colocar as discussões quanto à federalização em todos os cantos do município, mesas de bar, corredor de escolas, etc. Acredito que seja necessário a federalização pois em União da Vitória com uma a população sofrida que tem se desdobrar para arcar com os custos da universidade de seus filhos, a federalização se torna indispensável e esse não é um pedido somente dos estudantes mas de toda a sociedade.” ressaltou Alexandro.

Os nove vereadores de União da Vitória já debatem a questão como algo prioritária, junto com movimentos e lideranças no municipio a intenção é que o Governo Federal assuma todas as responsabilidades orçamentárias da UNIUV e de forma que a instituição deixe de cobrar mensalidades e passe a ser pública e gratuita a todos.

Veja o vídeo da Manifestação:



ComunicaUPE

# Redes Sociais