16 de agosto de 2010

Pela segunda vez o processo eleitoral da PUC-PR é considerado irregular.

Depois das inúmeras irregularidades e diversos acontecimentos no processo de eleições do DCE da PUCPR, foi marcado para hoje, 16/08, a eleição para a nova gestão. Esse processo deveria ter acontecido em junho, no entanto, 0 juiz Anderson Ricardo Fogaca da vigésima vara cível de Curitiba, constatou como irregular a ação eleitoral, e foi expedida uma notificação solicitando um edital de convocação para uma nova eleição, regularizando algumas pendências. Em desacordo com esta decisão judicial, os advogados do DCE Jaudê Ricardo Loures Rocha Junior e Renata Pinheiro, que orientam o presidente do DCE Rafael Rodrigues Soares, e os membros da Comissão Eleitoral, decidiram que continuem as eleições de onde o processo foi travado, das 18h30 as 22h30.
Por reconhecer este processo, mais uma vez como ilegítimo, a Chapa Até Quando?!, única que fazia oposição a atual gestão. Devido à falta de democracia e de interesse na representação real dos alunos, se retirou do processo, não reconhecendo essa forma de eleição como representativa.
Sabendo que agora a chapa da situação (identidade) é única (ou quase única, se não fosse uma chapa laranja montada por eles mesmos), não fizeram questão de fazer campanha, mostrar a cara para os estudantes, distribuir material, ou sequer informar os estudantes que a eleição vai acontecer.
Por esse motivo, o Movimento Até Quando?! (constituído depois da formação da chapa Até Quando?!), conjuntamente com a União Paranaense dos Estudantes – UPE, e os demais Centros Acadêmicos da PUC que não se sentem contemplados com essa forma de eleição. Desde a reunião que aconteceu na quarta-feira passada (11/08) vem construindo uma alternativa para a regularização dessa situação, com objetivo de mobilizar quantidade suficiente de Centros Acadêmicos e estudantes para garantir um processo eleitoral democrático. Por isso, chamamos a todos que não se sentem satisfeitos, para juntar-se a nós a partir das 18h00, em frente ao DCE, para que assim possamos mostrar que juntos podemos muito mais.

Rede de Comunicadores Viva Voz

# Redes Sociais