4 de julho de 2010

MEC puni instituições privadas.

Os estudantes não podem pagar a conta: Transferência dos estudantes para as universidades públicas!

Por Gabriel Mendoza*

Recentemente o MEC (Ministério da Educação) publicou sanções e punições à instituições privadas que não cumpriram acordos de ajuste. Ao todo foram 4 faculdades, 6 cursos de direito.

Pouco tempo atrás o MEC veio a público, depois de uma série de reportagens sobre o escandalo da UNINGÁ, no Fantástico (Rede Globo), ações na Justiça e etc.. A universidade deve ser descredenciada do PROUNI e o curso de Medicina pode ser fechado.

Os estudantes não podem pagar por isso!

Os estudantes das privadas hoje representam cerca de 1/4 de todos os estudantes. Muitas vezes trabalham para garantir seus estudos, sofrem com as altas mensalidades cobradas pelos tubarões do ensino e na muitas vezes, como prova o MEC, tampouco tem acesso a um ensino de qualidade.

Corretamente o MEC fecha os cursos que não têm qualidade. Mas não pode se esquecer dos estudantes, eles não podem ser punidos junto com os tubarões do ensino, muito pelo contrário, precisam ser defendidos, não podem ser jogados para outra instituição privada. É preciso garantir a taransferência para as universidades públicas!

A UNE e as UEE precisam ser solidárias aos estudantes que tiveram seus cursos fechados defendendo a continuidade do estudo deles nas universidades públicas, defendendo vaga para todos nas universidades públicas!

Gabriel Mendoza (gabriel.mmendoza@gmail.com) é estudante de Geografia da UEM, Diretor de Públicas da União Paranaense dos Estudantes.

# Redes Sociais