29 de abril de 2010

Movimento Caça-Fantasma toma o interior do Estado


O primeiro passo foi dos londrinenses no dia 22 deste mês. O estudantes e alguns membros sindicais fecharam a BR em frente a Universidade de Londrina por diversas vezes. Os manifestantes entoavam palavras de ordem, exibiam cartazes e colavam adesivos do movimento nos carros. Mesmo atrapalhando a passagem foram bem recebidos pelos motoristas que em diversas vezes buzinavam no ritmo das palavras de ordem.

No dia 27 ocorreram atos simultâneos, um novo em Londrina e outro em Almirante Tamandaré. Lembrando que no último municipio a prefeita da cidade recebia salário do marido morto, funcionátrio fantasma da assembléia. Os estudantes pediram o afastamento da prefeita.

Em Maringá o ato ocorreu ontem e contou com mais de 300 manifestantes. Segundo os organizadores essa foi apenas a primeira manifestação dos Caças fantasmas em Maringá. "Enquanto Justus e a mesa diretora continuar na Assembléia, vamos continuar fazendo mobilizações" afirma Bruno Neves, coordenador geral do DCE-UEM.


# Redes Sociais