29 de abril de 2010

Estudantes agredidos na assembléia legislativa

Como foi publicado no blog no dia 21, durante uma tentativa em assistir a sessão da assembléia legislativa neste mesmo dia, o diretor da UPE Adriano de Matos (Mú), o tesoureiro da UPES José Le Senechal Neto e o presidente da UPES Mario Sergio de Andrade foram agredidos pelos seguranças da casa.
Mario e Neto se dirigiram ao 3º distrito policial de Curitiba e registraram um boletim de ocorrência pelo acontecido.
Pelo visto assistir a sessão não é mais um direito do povo paranaense! Por que será?

Como podem ver nas imagens a seguir, o presidente da UPES sofreu uma tentativa de estrangulamento. Quanto ao diretor da UPE e o tesoureiro da UPES, o primeiro foi derrubado no chão e levou um chute no rosto, Neto foi trancado em uma sala com dois seguranças e levou empurrões e tapas na cabeça.

# Redes Sociais